Desejo não é pecado

“Amor é o desejo irresistível de ser irresistivelmente desejado.” (*Robert Frost)

quarta-feira, 21 de julho de 2010

As calipígias

Li um conto que narrava à história de um camponês que tinha duas belas filhas que se puseram a discutir na rua sobre qual tinha o traseiro mais bonito. Um rapaz que passava, filho de um homem velho e rico, foi escolhido como juiz. Não só se pronunciou a favor da irmã mais velha, como se apaixonou por ela e acabou por levá-la para a cama e contar pra seu irmão mais novo. Este, curioso, foi para o campo, viu as duas garotas e se apaixonou pela mais nova. Quando o pai tentou fazer os dois jovens se casarem com moças da sua própria classe, não conseguiu convencê-los e acabou por aceitar que se casassem com suas camponesas. Ambas as moças foram chamadas de "calipígias".
Daí tive uma idéia.Na vida real escuto todo tempo os comentários elogiosos, só dos homens, sobre Jú(nome fictício para proteger a identidade da bunda, quero dizer da moça!) que trabalha na recepção da empresa e atende diretamente à chefia na parte de correspondências e relações públicas.Ela é como o cartão de visitas de nossa empresa, sempre sorrindo e atenciosa, cheirosa e bem arrumada.O caso é que todo mundo adora vê-la pela manhã dando bom dia, mas na verdade todo mundo quer vê-la é pelas costas.Explico.
Jú é uma morena cor de jambo, cabelão até a cintura, preto, dona de um par de pernas longas, coxas grandes e de um bumbum redondo e empinado. Lembra muito o da Sheila Carvalho em seus tempos áureos. A brincadeira na empresa é que ela consegue carregar uma xícara de café em cima do traseiro sem deixar cair para entregar para a chefia.Em nossos e-mails ao invés de escrever seu nome usamos um símbolo para nos referimos a ela:  (__|__)
Acontece que além de Jú tem a Lú(nome fantasia para proteger a moça).A Lú é uma espécie de assistente da Jú, atende as ligações externas e cuida das passagens aéreas e agendamento de reuniões internas e externas. É loira e usa um clássico uniforme da empresa: blusa branca e calça de tergal azul-marinho bem justa que deixa ver bem suas roupas intimas. Que, aliás, é quase sempre uma tipo asa delta que forma um minúsculo triângulo na frente e atrás.Seu bumbum é menor do que o da Jú, diria, eu e todos homens da empresa, que é outro estilo, que começa numa cintura fina e depois se desenha em curvas suaves como as de Niemayer no fim de suas costas e termina em suas coxas bem torneadas.O nome de Lú em nossos e-mails vem sempre acompanhado de um símbolo  (__Y__) 
A Jú é mais despachada, fala alto brinca com todo mundo e faz questão que brinquem com ela, a Lú faz o tipo ingênua porque quando passa pelos departamentos e o pessoal fica agitado diante daquela visão deslumbrante, ela, com a cara mais inocente do mundo, pergunta o que está acontecendo.
Então para decidir quem tem o bumbum mais bonito da empresa propus uma eleição secreta entre nós, todos adoraram a idéia e cada um escreveu num pedacinho de papel o nome da bunda, quer dizer da moça que achava que deveria vencer. A urna ficava discretamente debaixo da minha mesa, o cesto de lixo de papéis. Acontece que o resultado foi bastante apertado, da eleição, e eu como apurador único ao contar os votos constatei uma diferença mínima a favor da Jú.Porém anunciei aos eleitores que havia acontecido um empate entre elas e que as duas tinham vencido.Achava injusto dar a vitória a uma delas já que as duas mereciam.O bumbum empinado e o bumbum suave.
E as duas ganharam como prêmio uma caixa de bombom cada uma.

2 comentários:

CEMANET disse...

Boa noite meu querido.
Excelente seus DIÁRIOS DO PECADO E ENCANTAMENTO.
Lindo, bem estruturado,textos deliciosos e um cuidado primoroso ,suave, sensível e belo como nós as mulheres.
Aliás é muito raro um homem conhecer e sentir a alma, os desejos, expectativas de uma mulher, entre outros talentos.
Parabéns. ADOREI.
Voce sempre surpreende com sua criatividade. Isso é coisa de Deus.

Continue. Eu? Ah... eu ficarei aqui no meu cantinho te acompanhando como sempre.
Meu mais doce e encantado abraço.

disse...

muito bom, gostaria de estar escrevendo coisas sacanas no meu blog, mas muita gente conhecida já o lê, então ficaria estranho.
Gostei do seu blog mesmo
abraços